STF rejeita novo recurso da Cagepa e mantém privatização do sistema de água de Santa Rita, na Paraíba

Por Vale do Piancó -PB em 27/06/2022 às 19:59:21
Ao analisar o caso, o ministro entendeu que a ferramenta jurídica escolhida não era a adequada. Decisão foi assinada pelo ministro Dias Toffoli. Cabe recurso

Divulgação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, rejeitou uma reclamação com pedido de liminar movida pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e pelo Governo da Paraíba relacionada com o abastecimento de água e coleta de esgotos em Santa Rita, na Paraíba. O recurso tinha o objetivo de reaver os direitos de operação na cidade. Ao analisar o caso, o ministro entendeu que a ferramenta jurídica escolhida não era a adequada.

A decisão ocorre um mês depois do STF rejeitar outro recurso, em decisão do presidente do ministro Luiz Fux, que manteve a decisão monocrática do juiz convocado como desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Aluízio Bezerra Filho, dentro de um pedido de efeito suspensivo impetrado pela Cagepa. Naquela oportunidade, ficou mantido o decreto que privatizava a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgoto no município de Santa Rita.

O g1 entrou em contato com a Cagepa, mas a Companhia ainda não se posicionou.

Os serviços de água e esgoto na cidade, assim, continuam sob a responsabilidade do Consórcio Águas do Nordeste (ANE). No recurso rejeitado pelo Supremo, a Cagepa pedia a derrubada do decreto que revogou a concessão concedida à Companhia.

Na reclamação analisada por Dias Toffoli, o ministro explica que o uso de meios processuais manifestamente inadmissíveis gera efeitos danosos à prestação jurisdicional, de forma que a Cagepa fica advertida, na hipótese de novo recurso, da possibilidade de aplicação de multa processual.

A ANE assumiu o abastecimento de água e tratamento de esgoto do município de Santa Rita e zona rural dia 12 de maio, com exceção do Bairro de Várzea Nova, que continua sob responsabilidade da Cagepa, por ser abastecido pelo Sistema Marés, de João Pessoa.

Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Fonte:

Coment√°rios

Anuncie Aqui