Jhony Bezerra prega união da oposição de CG e não descarta apoio de Romero

O secretário de saúde da Paraíba e pré-candidato à Prefeitura de Campina Grande, Jhony Bezerra (PSB) pediu união da oposição da Rainha da Borborema nesta terça-feira (14).

Por Vale do Piancó -PB em 14/05/2024 às 14:57:09
Foto: MaisPB

Foto: MaisPB

O secretário de saúde da Paraíba e pré-candidato à Prefeitura de Campina Grande, Jhony Bezerra (PSB) pediu união da oposição da Rainha da Borborema nesta terça-feira (14). Bezerra declarou que com o apoio do Governo do Estado, possam fazer uma “gestão alinhada” para trazer Campina Grande de volta aos trilhos.

O pré-candidato afirmou que não está “impondo candidatura”, e diz que aposta no diálogo e na força do PSB para uma união da oposição de Campina Grande para o pleito deste ano.

“A política se faz dialogando e é dessa forma que a gente tem construído desde o início, desde o momento que eu coloquei meu nome à disposição, em nenhum momento a gente está impondo candidatura, o PSB, em nenhum momento, impôs uma candidatura própria, que a gente tem feito e é construído esse diálogo, o PSB está fortalecido, não tinha nenhum vereador na bancada, hoje tem três vereadores na bancada, o partido hoje mais estruturado para disputar as eleições majoritárias e o partido que fará a maior bancada dos vereadores. O projeto é coletivo, o projeto é de mudança, é um projeto que representa o time do governador João Azevedo”, declarou Jhony.

O secretário também declarou que o PSB tem dialogado com outros 13 partidos para uma união da oposição e que nesse pacto ainda podem caber o Republicanos e o Podemos.

“A gente precisa construir um pacto por Campina Grande, é a hora de todas as forças, todas as lideranças se unirem em prol desse projeto. O Republicanos faz parte da base do governo e está nesse projeto, é um partido aliado, é um partido que tem, hoje, deputados da base do governo, como presidente da Assembleia Legislativa, que é Adriano Galdino, hoje é um braço importante desse governo. Para esse projeto, ele visa justamente isso, unir esses 13 partes da oposição e, por que não, o Podemos e o Romero Rodrigues”, avisou.

MaisPB

Fonte: https://www.maispb.com.br

Comunicar erro

Comentários

Anuncie Aqui