Elefanta Lady, que viveu na Paraíba, morre aos 52 anos por eutanásia em santuário

A elefanta Lady, que viveu no Santuário de Elefantes Brasil (SEB) em Chapada dos Guimarães (MT) por 4 anos, faleceu na noite de quarta-feira (15) aos 52 anos.

Por Vale do Piancó -PB em 16/05/2024 às 15:06:05
Foto: G1 - Globo

Foto: G1 - Globo

A elefanta Lady, que viveu no Santuário de Elefantes Brasil (SEB) em Chapada dos Guimarães (MT) por 4 anos, faleceu na noite de quarta-feira (15) aos 52 anos. A decisão pela eutanásia foi tomada após o animal se deitar e não demonstrar mais interesse em se levantar.

Lady chegou ao SEB em 2019, vinda Parque Zoobotânico Arruda Câmara, localizado em João Pessoa(PB), onde vivia desde 2013 após ser resgatada de um circo. O animal sofria de osteomielite, uma infecção no osso que causa dores crônicas e não tem cura.

Segundo o santuário, Lady vinha recebendo analgésicos três vezes ao dia e sua condição se deteriorou nos últimos seis meses. Apesar de tentativas com diversos tratamentos, incluindo medicina tradicional, terapias complementares e consulta com especialistas do mundo todo, não foi possível encontrar um alívio definitivo para a dor da elefanta.

Com a morte de Lady, o SEB fica com apenas cinco elefantas asiáticas: Maia, Rana, Mara, Bambi e Guillermina, todas resgatadas de situações de maus-tratos em circos e zoológicos.

“Parte da autonomia consiste em dar a cada elefante a capacidade de decidir não continuar”, disse o santuário em nota.

Fonte: Popnoticias

Comunicar erro

Coment√°rios

Anuncie Aqui