ALPB homenageia Inise Machado, Bruno Filho, Luiz Luna, Hector Rossi e Régis Soares

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou sessão solene, na tarde desta segunda-feira (27), para outorga do título de Cidadania Paraibana à jornalista Inise Machado de Lima, ao radialista Bruno Filho, ao músico Hector Jorge Rossi e ao jornalista Luiz Gonzaga Luna de Araújo, bem como a Medalha Augusto dos Anjos ao artista paraibano Régis Soares Coutinho.

Por Vale do Piancó -PB em 27/05/2024 às 22:25:08

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou sessão solene, na tarde desta segunda-feira (27), para outorga do título de Cidadania Paraibana à jornalista Inise Machado de Lima, ao radialista Bruno Filho, ao músico Hector Jorge Rossi e ao jornalista Luiz Gonzaga Luna de Araújo, bem como a Medalha Augusto dos Anjos ao artista paraibano Régis Soares Coutinho. As homenagens foram propostas pelo então deputado estadual Raniery Paulino.

O evento, comandado pelo deputado Jutay Menezes, aconteceu no Plenário "Deputado José Mariz", reunindo parlamentares, autoridades, parentes e amigos dos agraciados. O deputado Branco Mendes secretariou os trabalhos. Ao justificar as homenagens, o deputado Raniery Paulino elogiou a nova metodologia da Assembleia Legislativa, que inclui várias personalidades numa mesma homenagem, especialmente no caso dessa sessão em que as atividades de cada um se completam.

"Já que a agenda da Assembleia está muito intensa, o que mostram as atividades aqui da casa, optamos por fazer dessa forma, nessa metodologia. Todos que se relacionam, especialmente os homenageados, com a comunicação. São jornalistas, na maioria, professor e cartunista, atividades que se completam. Quero agradecer ao deputado Jutay Menezes, porque é o gabinete e o anfitrião desta homenagem, pela gentileza. E aqui eu estou em Casa, agradecendo ao presidente Adriano Gaudino, que é um grande amigo, e a todos os parlamentares pelos quais eu tenho muito respeito aqui", declarou.

O deputado Jutay Meneses, que presidiu a solenidade, disse que recebeu com grata satisfação o convite do deputado Ranieri para comandar os trabalhos da sessão solene para entrega de títulos de Cidadania Paraibana e da Medalha Augusto dos Anjos. "Para mim é uma grande honra poder presidir, ao lado do deputado Ranieri Paulino entregando essa medalha e os títulos a personalidades que representam muito bem o nosso estado, na cultura, nas artes, no jornalismo. Então, isso é muito gratificante para todos nós", declarou.

A jornalista Inise Machado disse que que está vivendo um misto de alegria e honra pelo reconhecimento do trabalho que vem exercendo ao longo dos anos como jornalista e, especialmente na área social, "em favor dos vulneráveis, dos que mais precisam”. “E isso também traz um peso por conta da responsabilidade. A gente sabe que essa homenagem multiplica a nossa responsabilidade com a nossa missão", acrescentou.

O radialista Bruno Farias disse que o sentimento é de orgulho e de felicidade. "O primeiro significado é de um orgulho muito grande, de um reconhecimento que eu não sei se eu mereço, porque estou aqui desde 2011 e não imaginava que viria para o Nordeste. Acabei vindo, gostei, trabalhei, moro aqui, pretendo morrer aqui. E quando você é homenageado, sempre o sentimento é muito bom. Eu já recebi título de cidadão pessoense, que agradeço demais ao vereador Damásio Franca Filho, e agora ao deputado Ranieri, que fez a propositura e me dá esse presente extraordinário. Eu me sinto muito bem, me sinto feliz, embora longe da minha cidade, longe da minha família, já há 13 anos que eu estou por aqui, mas numa hora dessa você ganha um novo ânimo e ganha sinceramente uma nova perspectiva para viver", disse.

O argentino Hector Rossi fez um breve relato de suas atividades profissionais na Paraíba, destacando ter sido fundador do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e o projeto que desenvolve na periferia de João Pessoa, buscando novos talentos para a música. "Tenho muitos alunos em todo o Brasil, no exterior, fazendo mestrado, doutorado, e isso para a Paraíba é um mérito. É importante desenvolver o potencial humano que têm os Paraibanos para confrontar qualquer país do mundo. A minha honra é grande, porque depois de 46 anos que estou na Paraíba vejo o meu trabalho reconhecido", relatou.

O jornalista e oficial de justiça Luis Luna disse que “já se considerava paraibano, e que o título apenas reforça seu sentimento”. "Por onde ando, divulgo as belezas e as coisas da Paraíba. E para mim é uma honra ser agraciado pela Assembleia Legislativa com o título de Cidadão Paraibano. Nós temos uma folha de serviços prestados, não só nessas duas categorias, mas também fazendo parte de uma loja maçônica lá em Bayeux – a loja de Renovação. Nós também temos um trabalho social. Quando fui presidente da Associação dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba (AOJEP), nós criamos o Natal Sem Fome e demos uma visibilidade social à associação, trabalhando em prol da Paraíba, como deve ser", observou.

O Chargista Régis Soares, fez questão de dedicar a homenagem à sua ex-esposa (in memoriam), à sua atual companheira, aos filhos e a todas as pessoas que, segundo ele, fizeram e fazem parte da construção do seu trabalho e de sua trajetória artística. "Eu só tenho a agradecer a Deus por estar recebendo esse reconhecimento, na pessoa do deputado Raniery Paulino e a todas essas pessoas tão importantes na minha vida. Por isso, estamos dando continuidade a esse trabalho, que é a coisa que eu mais amo fazer: que é a charge, o humor. Trazer essa alegria para as pessoas. A melhor coisa do mundo é a gente ver as pessoas felizes, rindo", disse.

Também prestigiaram o evento o vereador Odon Bezerra, representando a Câmara Municipal de João Pessoa; o jornalista Marcos Wéric, presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API); além de gestores, professores e alunos da Escola Municipal Plácido de Almeida, de Cabedelo, que vieram conhecer as dependências do Poder Legislativo Estadual.

PERFIL DOS HOMENAGEADOS

Inise Machado de Lima nasceu em Recife (PE). É filha do casal Jeová Machado da Silva e Maria Cícera de Lima Machado, ambos da capital pernambucana. Com fortes vínculos na assistência social, foi com o jornalismo que passou a ser conhecida na Paraíba. Trabalhou nos Jornais da Paraíba, Gazeta do Sertão, Correio da Paraíba e Diário da Borborema. Ocupou, com grande expertise, vários cargos na administração pública e nos movimentos social e religioso. Inise é uma grande referência nos trabalhos sócias, especialmente junto à Igreja, com atuação destacada em prol da Fazenda Esperança, uma comunidade terapêutica que atua desde 1983 no processo de recuperação de pessoas que buscam a libertação de seus vícios, especialmente das drogas.

Luiz Otavio Bruno (Bruno Filho) é radialista, produtor Cultural e comentarista esportivo. É natural de São Paulo (SP). Já atuou profissional nas rádios Paraíba FM 101,7, e CBN AM 920. É filho de Otávio Munis e irmão de Tatá Muniz, que começou em São Paulo na Gazeta Esportiva com Jaime Madeira, em 1974, passando depois pela Rádio Mirante de São João da Boa Vista, Piratininga de São João da Boa Vista, Rádio Nova FM com a equipe de Jorge Kajuru (hoje senador da República), Rádio Trianon, Rádio Atual com o projeto “Corinthians 3.040 em Marcha”, UniTV canal 48, NCS TV com Tatá Muniz e coordenador esportivo da Rádio Capital. Além disso, atuou em dois sites como colunista: www.polemicaparaiba.com.br e no www.reporterpb.com.br sobre assuntos variados. –

Hector Jorge Rossi nasceu em Buenos Aires, Argentina, mas naturalizou-se brasileiro. Mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com especialização em Filosofia da Música (Universidade Católica de Buenos Aires) e Graduação em Educação Musical e Contrabaixo Acústico (Conservatório Municipal de Música Manuel de Falla, Buenos Aires). Teve passagens marcantes na Universidade Federal da Paraíba, onde atuou como professor do Departamento de Música – do qual é fundador – e em grandes orquestras sinfônicas, a exemplo da Orquestra Sinfônica Nacional Argentina, da Orquestra Sinfônica da Paraíba, da Orquestra Filarmônica do Norte-Nordeste e da Orquestra de Câmara Internacional "I Virtuosi". Em agosto de 2016, a Câmara Municipal de João Pessoa, Capital do Estado da Paraíba, confere-lhe o Título de Cidadão Pessoense, pelos relevantes serviços prestados à cidade de João Pessoa.

Luiz Gonzaga Luna de Araújo Júnior nasceu na cidade de Recife, no Estado de Pernambuco, no dia 13 de janeiro de 1971, filho de Maria José da Silva e Luiz Gonzaga Luna de Araújo. Chegou à Paraíba em 1986, passando a residir na cidade de Queimadas. Desde criança, teve o sonho de ser jornalista. Aos 16 anos, ainda cursando o ensino médio (antigo 2º grau), iniciou a carreira no Jornal Gazeta do Sertão, em Campina Grande-PB, como digitador e depois como articulista. Em seguida, trabalhou no Jornal A Palavra (onde assinava a Coluna Queimadas & Região) e fundou o extinto Jornal "Acontece", na cidade de Queimadas, que circulava na região da Serra da Borborema. Em 1995, iniciou o curso de Comunicação Social na Universidade Estadual da Paraíba-UEPB. Foi colunista do Jornal A Folha, de Esperança (coluna Queimadas & Região), onde narrava de fatos políticos a sociais. Após terminar o bacharelado em Comunicação Social, em 1999, se mudou em 2000 para o município de João Pessoa-PB, a convite Promotor de Justiça Glauberto Bezerra, na época Secretaria de Segurança Pública do Estado da Paraíba. Na cidade, trabalhou por 3 anos Assessor de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública da Paraíba (SSP-PB). Logo em seguida, assumiu o cargo de Oficial de Justiça do Estado, função essa que adquiriu por meio de concurso público. Desde então, continua no cargo, atualmente lotado no Fórum Cível da Capital, como Oficial de Justiça, com muitas histórias e experiências. No dia 05 de março de 2020 recebeu o Título de Cidadão Pessoense, por propositura do então Vereador Sérgio da SAC.

Régis Soares Coutinho é chargista, cartunista e caricaturista. Iniciou a publicação de suas charges no Jornal O Momento, a partir do ano de 1983. Publicou 4 livros: 'Charges e Caricaturas', 'Pintando o Sete e Desenhando os Outros', 'Charges na Rua' e '15 anos de Charges na Rua'. Participou de várias exposições, salões de humor, na Paraíba e em outros estados. O seu trabalho foi publicado em vários veículos da imprensa como o Pasquim, A Tribuna, O Norte, Correio da Paraíba e em jornais sindicais.

Fonte: www.al.pb.leg.br

Tags:   Foto Manchete
Comunicar erro

Comentários

Anuncie Aqui