Mãe que confessou matar filha de um ano a facadas é condenada a 30 anos de prisão em João Pessoa

O julgamento de Eliane Nunes da Silva, mãe acusada de matar a própria filha de um ano, com 26 facadas, aconteceu hoje (11) no 1º Tribunal do Júri da Capital, em João Pessoa.

Por Vale do Piancó -PB em 11/06/2024 às 19:26:47
Foto: G1 - Globo

Foto: G1 - Globo

O julgamento de Eliane Nunes da Silva, mãe acusada de matar a própria filha de um ano, com 26 facadas, aconteceu hoje (11) no 1º Tribunal do Júri da Capital, em João Pessoa. Ele foi condenada a 30 anos de prisão.

Conforme apurou o ClickPB, Eliane Nunes da Silva, confessou ter assassinado a filha de um ano de idade a golpes de faca, no berço onde ela estava deitada.

O caso ocorreu em outubro de 2023. Júlia tinha 1 ano e foi morta com mais de 20 facadas quando estava no berço. Por isso, Eliane foi condenada por homicídio triplamente qualificado.

A mãe teria dito que surtou após o marido avisar que queria se separar dela. Segundo as informações processuais, o crime ocorreu por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que impossibilitou a defesa da ofendida.

"Após receber uma mensagem do seu então companheiro rompendo o relacionamento, a ré, insuflada de ódio e sentimento de vingança, muniu-se de uma faca peixeira de oito polegadas e foi até o berço em que sua filha estava deitada. Na ocasião, a investigada sacou a arma branca e desferiu o primeiro golpe nas costas da vítima, fazendo com que a pequena indefesa começasse a chorar", diz parte da denúncia.

Fonte: clickpb.com.br

Comunicar erro

Comentários

Anuncie Aqui