ANÁLISE: De favorito a assumir vaga no TCE-PB a investigado em operação da PF: Tião Gomes vai do céu ao inferno

Caiu como uma bomba no colo do deputado estadual Tião Gomes (PSB) a operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (11).

Por Vale do Piancó -PB em 11/06/2024 às 20:57:11

Caiu como uma bomba no colo do deputado estadual Tião Gomes (PSB) a operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (11). Citado na investigação que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na educação durante o governo Ricardo Coutinho, o parlamentar viu seu nome, antes cotado como favorito para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), agora estar envolto em incertezas.

Em maio de 2023, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou a PEC 01/2023, elevando a idade máxima para indicação ao TCE-PB de 65 para 70 anos. A medida, vista por muitos como “sob medida” para Tião Gomes, que na época tinha 66 anos, o colocava como um dos principais candidatos à vaga.

No entanto, a Operação Livro Aberto, deflagrada pela PF nesta terça-feira (11), lançou uma sombra sobre as pretensões de Tião Gomes. Ele é um dos investigados por crimes de fraude à licitação, desvio de recursos públicos, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em contratos firmados pela Secretaria de Estado da Educação em 2018.

Tião Gomes se defende, alegando retidão em sua trajetória política e afirmando que ainda não teve acesso aos autos da investigação.

Resta saber se as acusações contra Tião Gomes irão para frente e se isso terá impacto definitivo em suas ambições de ocupar uma vaga no TCE-PB.

Confira a nota do deputado:

Nota de Esclarecimento do Deputado estadual Tião Gomes

Na manhã de hoje (11/06/2024), tomei conhecimento através da imprensa paraibana que tive meu nome citado na operação deflagrada pela Polícia Federal, denominada Operação Livro Aberto, que visa apurar irregularidades em contratos da Secretaria do Estado de Educação, no ano de 2018.

Estive presente na Assembleia Legislativa nesta terça-feira, onde conversei com a imprensa e destaquei que, em meus quarenta e dois anos de vida pública representando o povo paraibano, sempre pautei minha trajetória política na retidão e coerência com a justiça e a verdade. Não possuo qualquer ato que desabone minha conduta ou minha história.

É importante registrar que não tive acesso aos autos e, em momento algum, fui convocado ou intimado para prestar declarações acerca de qualquer fato relacionado à referida operação. Além disso, nunca houve busca e apreensão em nenhum dos meus endereços.

No mais, acreditando na verdade real dos fatos e no Estado Democrático de Direito, coloco-me à disposição da Justiça para prestar quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários.

Deputado Estadual
Tião Gomes

 

Feliphe Rojas
PB Agora

Fonte: pbagora.com

Comunicar erro

Comentários

Anuncie Aqui