Corpos de jovens desaparecidos são encontrados decapitados em cova rasa

Os corpos de Renan Douglas da Silva Xavier, de 16 anos, e Wendel de Caldas Silva, de 24 anos, desaparecidos há cinco dias, foram localizados amarrados e enterrados em uma cova rasa na Mata do Xém-Xém, em Bayeux, na manhã desta terça-feira (9).

Por Vale do Piancó -PB em 09/07/2024 às 11:56:19
Foto: G1 - Globo

Foto: G1 - Globo

Os corpos de Renan Douglas da Silva Xavier, de 16 anos, e Wendel de Caldas Silva, de 24 anos, desaparecidos há cinco dias, foram localizados amarrados e enterrados em uma cova rasa na Mata do Xém-Xém, em Bayeux, na manhã desta terça-feira (9).

“As características físicas batem com as dos jovens. Uma cena lamentável. Os dois encontrados com as cabeças degoladas, enterrados em uma cova rasa e o trabalho agora da Polícia Civil é justamente cair em campo atrás das pessoas que cometeram este ato tão atroz”, disse o delegado Diego Garcia.

Nos corpos foram encontradas marcas de tiros e uma perícia também deve identificar golpes por arma branca e possivelmente um facão encontrado ao lado dos corpos foi utilizado para degolar e ferir as vítimas, segundo o delegado.

Os corpos foram encontrados com auxílio do Corpo de Bombeiros e de uma cadela farejadora do Canil, em uma área de difícil acesso. Os dois serão submetidos a exames para identificação formal.

Renan Douglas e Wendel de Caldas desapareceram na quinta-feira (4) após saírem do Jardim Veneza com destino ao bairro Imaculada, em Bayeux, onde foram adquirir paletes que seriam revendidos em João Pessoa. Funcionários de uma sucata em Bayeux relataram que os jovens chegaram por volta das 14h e saíram após as 16h.

Nesta segunda-feira (8) familiares e amigos dos jovens realizaram um protesto, bloqueando a BR-230, para cobrar investigação do caso.

MaisPB

Fonte: https://www.maispb.com.br

Comunicar erro

Comentários

Anuncie Aqui