Presidente da Câmara de Sapé aceita denúncia e instala CPI para investigar prefeito Major Sidney pela acusação de 'rachadinha', fraude em licitações e outros crimes.

Na denúncia, o prefeito é acusado das práticas de 'rachadinha', de distribuição de gratificações e de cargos públicos, de contratação de 'funcionários fantasmas

Por Vale do Piancó -PB em 14/11/2021 às 18:23:42
Divulgação

Divulgação

O presidente da Câmara aprovou o Requerimento nº 496, acatando a denúncia e criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o prefeito Major PM Sidney Paiva. Na sessão desta quinta-feira (11), o presidente Abraão Júnior (centro na foto) leu o requerimento apresentado por Teresa Carneiro, identificada na internet como irmã de um ex-secretário da Prefeitura de Sapé.

Na denúncia, o prefeito é acusado das práticas de 'rachadinha', de distribuição de gratificações e de cargos públicos, de contratação de 'funcionários fantasmas', de fraudes em licitação com superfaturamento e de contratação de 'serviços fantasmas'. O presidente da Câmara disse que aceitou a denúncia por considerar fortes indícios para as acusações. Ele deu prazo de cinco dias para que os citados possam apresentar defesa.

O dirigente da Câmara informou que a Comissão Parlamentar de Inquérito será formada por seis vereadores, tendo presidente, relator e membros, e terá 90 dias de prazo para os trabalhos de investigação e apuração dos fatos. O prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

rpscom1

Comunicar erro

Comentários